Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Aresc responde moção do presidente da Câmara sobre Casan

Publicado em 05/07/2019 às 16:42 - Atualizado em 05/07/2019 às 16:42


Créditos: Cleusa Regner/Ascom Baixar Imagem

A Agência de Regulação de Serviços Públicos de Santa Catarina (Aresc), respondeu a Moção nº 05/2019, de autoria do presidente da Casa, vereador Jandir Primon (PP), sobre o novo modelo de estrutura tarifária proposto pela Casan.

No Ofício nº 433/2019, a Aresc explana que a nova estrutura visa beneficiar usuários que utilizam a água de forma racional e condizente com as atuais publicações em que pese à preocupação mundial com o meio ambiente e preservação de mananciais.

Com base em estudos, optou-se pela alteração da forma atual de cobrança por uma que é constituída por duas tarifas. De acordo com um histograma da Aresc, observou-se que a maioria dos usuários maravilhenses se encontra entre 0 a 7 metros cúbicos de consumo. Assim, 46% da população do município será imediatamente beneficiada pela nova estrutura. “Ficamos satisfeitos com a resposta da agência. Nossa população será beneficiada com esta nova estrutura”, comentou Primon.


Galeria

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Parlamentares Relacionados