Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4
Acessibilidade 5 Alto contraste 6

Prazo para cadastramento de túmulos encerra no dia de Finados

Publicado em 01/10/2018 às 17:33 - Atualizado em 01/10/2018 às 17:33


Créditos: Cleusa Regner/Ascom Baixar Imagem

A Comissão Especial em Prol do Cemitério Jardim da Paz promoveu uma reunião nesta segunda-feira (1), na sala de reuniões da Câmara de Vereadores de Maravilha. Participaram do momento, os vereadores Natalino Prante (PP), Jandir Primon (PP), Marclei Grando (MDB), Gilmar Castanha (MDB), e Itamar Adler (PSD), os representantes da comunidade Silvio Zanin e Alcimar Lauer, o servidor responsável pelo cemitério, Marcio Camargo, o técnico legislativo, Jean Ribeiro, e o colaborador de uma funerária do município, Gilmar Petry.

Conforme o presidente da comissão, vereador Prante, a preocupação gira em torno do prazo para o cadastramento dos túmulos, que vai até o dia 2 de novembro. “Até o dia 2, os interessados devem fazer o cadastramento, na administração do cemitério, na garagem da prefeitura, ou ainda, na recepção da prefeitura”, ressalta o presidente.

A comissão também tem a intenção, se o município concordar e autorizar, de captar imagens aéreas para facilitar o novo mapeamento. “Essa situação será oficiada ao município, para ver a possibilidade”, destaca Prante.

Já de acordo com Márcio, no dia 2, o cemitério terá dois pontos para as pessoas poderem realizar o cadastramento. “Como neste dia haverá muitas visitas ao local, teremos dois pontos para o cadastramento”, justifica.

Outras questões pontuais salientadas por Márcio foram com relação a limpeza do local e novos projetos. “O município está projetando um ossário e novas estruturas para o gavetário e, futuras obras dependerão da possibilidade orçamentária. Além disso, é importante ressaltar que dos dias 20 de outubro a 2 de novembro, não se poderá ter obras ou reformas no local, pois o município fará a limpeza”, pontuou.

O presidente da comissão frisou a necessidade de se destinar recursos orçamentários especificamente para o cemitério. “É de fundamental importância que o município destine recursos específicos para esta área”, enaltece.

Para encerrar, foi oportunizado um espaço para o colaborador da funerária esclarecer dúvidas e prestar informações do assunto para a comissão.


Galeria

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar